2 de janeiro de 2018
publicado às 19h35
Agentes de endemias entram em casas abandonadas para combater mosquito da dengue

Agentes de endemias entram em casas abandonadas para combater mosquito da dengueA Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi, por meio da Coordenação de Controle e Combate a Dengue, realizou a fiscalização de casas fechadas e abandonadas em vários pontos da cidade para combater focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. A ação contou com apoio da Polícia Militar (PM) e um chaveiro.

Segundo a Coordenadora de Doenças Vetoriais, Daniela Araújo, 80% dos focos do mosquito transmissor da dengue estão localizados dentro dos imóveis residenciais. Quando esses imóveis estão desabitados e fechados por muito tempo, dificulta a ação dos agentes de endemias e o período chuvoso favorece a proliferação do mosquito Aedes Aegypti nestes locais.

“São imóveis que não conseguimos entrar durante o trabalho de rotina, muitos deles estão fechados há muito tempo, então, respaldados pela Lei 1.924/2014 e com o apoio da Polícia Militar e um chaveiro, realizamos a limpeza nessas casas para eliminar os focos do mosquito, depois fechamos novamente a residência”, explicou Daniela.

A entrada respaldada pela justiça só é feita depois de todas as possibilidades de entrar com a autorização do dono são esgotadas. Foram 20 imóveis desabitados inspecionados pelas equipes de endemias.

Daniela ressaltou ainda que a vigilância e as ações de combate a Dengue em Gurupi são contínuas, mas lembra que a população também deve fazer sua parte. “Precisamos da contrapartida da comunidade, limpando seus quintais, entrando em contato conosco por meio do Disk Dengue e agendando as visitas”, disse.

Disk Dengue

A comunidade pode colaborar no combate a Dengue, Zika e Chikungunya, informando a Secretaria de Saúde sobre locais que existem criadouros do Aedes Aegypti, por meio do “Disk Dengue”. Os telefones disponíveis são: 3313-1076 e 3315-3004. Os números estão disponíveis para ligações das 08h00 as 18h00. (Secom Gurupi).

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014