No Banner to display

2 de janeiro de 2018
publicado às 20h47
Museu Nacional sedia seminário preparatório do Fórum Mundial da Água

Museu Nacional sedia seminário preparatório do Fórum Mundial da ÁguaGratuito, evento ocorre em 11 e 12 de janeiro e contará com oficinas, práticas corporais, painéis temáticos, apresentações de trabalhos acadêmicos e ato ecumênico. Inscrições estão abertas pelo site

GABRIELA MOLL, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Brasília se prepara para abrir a programação das atividades relacionadas ao 8º Fórum Mundial da Água 2018, que ocorrerá de 18 a 23 março na capital federal. Em 11 e 12 de janeiro, o Museu Nacional da República será palco do II Seminário Internacional Água e Transdiciplinaridade – Águas pela Paz.

As inscrições para a atividade gratuita que antecede o encontro mundial estão abertas pelo site. São 800 vagas por dia para o público em geral.

Na programação estão definidos conferencistas renomados, como o líder Sri Prem Baba, que ministrará a palestra magna, sociólogos, físicos, educadores, acadêmicos e lideranças ligadas à temática da preservação dos recursos hídricos.

A dois meses do fórum, o evento tem como objetivo promover discussões a respeito da sustentabilidade sob os aspectos científico, filosófico, artístico, simbólico e espiritual, em âmbitos nacional e internacional e, assim, levantar temas que devem ser tratados em março.

Contará ainda com oficinas, práticas corporais, painéis temáticos, apresentações de trabalhos acadêmicos e ato ecumênico.

Ao final, um documento produzido durante o seminário, a Carta Águas pela Paz, será remetido como contribuição ao 8º Fórum Mundial da Água e ao Fórum Alternativo Mundial da Água.

Águas pela Paz é uma promoção do Movimento Awaken Love em parceria com o Centro Internacional de Referência e Transdisciplinaridade (Cirat), o Instituto Espinhaço, a Universidade da Paz (UniPaz), a Universidade de Brasília (UnB) e a Secretaria de Meio Ambiente do DF. A atividade é apoiada por entidades públicas e privadas e organizações não governamentais (ONGs).

O que é o Fórum Mundial da Água

Criado em 1996 pelo Conselho Mundial da Água, o fórum foi idealizado para estabelecer compromissos políticos, manter o tema na agenda ambiental internacional e buscar soluções para o aproveitamento sustentável dos recursos hídricos do planeta.

Entre os participantes estão governantes, empresários e representantes de ONGs. O evento ocorre a cada três anos e já passou por Daegu, na Coreia do Sul (2015); Marselha, na França (2012); Istambul, na Turquia (2009); Cidade do México, no México (2006); Kyoto, no Japão (2003); Haia, na Holanda (2000); e Marrakesh, no Marrocos (1997).

escolha de Brasília como sede do fórum ocorreu em 26 de fevereiro de 2014, durante reunião de governadores do Conselho Mundial da Água, em reunião na Coreia do Sul.

O evento ocorrerá de 18 a 23 de março. Para a edição de Brasília, primeira no Hemisfério Sul, são esperados cerca de 40 mil representantes de 170 países.

Plataforma on-line promove discussões sobre recursos hídricos

Em dezembro, começou a terceira rodada de discussões da plataforma Sua Voz, um espaço on-line de consulta aberta para que pessoas do mundo todo colaborem e influenciem nas discussões do 8º Fórum Mundial da Água.

O foco dos debates vai girar em torno dos desafios e oportunidades para o desenvolvimento sustentável da água, baseado nos objetivos para o desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

A ferramenta é aberta ao público em geral, que pode participar e contribuir com ideias, experiências e soluções a respeito do tema até março de 2018.  As discussões on-line serão coordenadas pela Agência Nacional de Águas (ANA) em articulação com o secretariado e instâncias de organização do 8º Fórum Mundial da Água.

A plataforma está disponível em português e inglês no site e conta ferramenta de tradução para mais 90 idiomas. O objetivo é fazer do fórum um evento democrático, em sintonia com o tema central da edição, Compartilhando Água.

Águas pela Paz – II Seminário Internacional Águas e Transdisciplinaridade

11 e 12 de janeiro (quinta e sexta-feira)

No Museu Nacional (Setor Cultural Sul – Lote 2)

Entrada gratuita

Inscrições e programação completa no site

EDIÇÃO: VANNILDO MENDES

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014