17 de maio de 2018
publicado às 08h24
Nos primeiros quatro meses do ano foram registros quase 130 incêndios no Acre

Nos primeiros quatro meses do ano foram registros quase 130 incêndios

Dados do Corpo de Bombeiros do Acre mostram que foram registrados quase 130 incêndios esse ano em Rio Branco, sendo que em todo estado foram 200 incêndios nos primeiros meses. Um desses casos foi registrado no Mercado Aziz Abucater, no Centro da capital acreana, no último dia 9.

O subcomandante do Corpo de Bombeiros, coronel Cleyton Almeida, explicou, em entrevista ao Bom dia Amazônia, que muitos desses incêndios poderiam ter sido evitados com práticas simples de segurança. Ele acrescentou que a maioria dos casos são provados por curto-circuitos.

“Outras vezes encontramos, em zona rural, incêndios provocados por vela, lamparinas que são meios de iluminação utilizados por essas famílias com baixa renda”, pontuou.

Ainda segundo Almeida, esses incidentes podem ser evitados com manutenções mensais nas edificações. O trabalho precisa ser feito por uma equipe capacitada para deixar a manutenção em dia.

“Sabemos que ao longo do tempo as edificações vão sofrendo acréscimos de equipamentos, melhoria do padrão de vida como compra de micro-ondas, ar-condicionado, uma geladeira maior, um ventilador, o que é normal e natural. Paralelo a isso, a fiação precisa ser redimensionada para atender e suportar a carga para evitar assim a ocorrência de incêndio”, explicou.

O subcomandante recomendou a suspensão do uso de equipamentos que ligam vários eletrodomésticos em uma única tomada, os conhecidos benjamins ou T’s.

“O Corpo de Bombeiros realiza vistorias em todas as edificações multifamiliares, prédios residenciais, quarteiros, assim como as edificações comerciais. É exigido dessas edificações comerciais o atestado de vistoria do Corpo de Bombeiro para que elas possam estar habilitadas ao funcionamento”, avaliou.

Outra recomendação dada pelo bombeiro é que as pessoas adotem o hábito de desligar os eletrodomésticos ao saírem de casa. “Se você tiver uma tomada instalada com um T ou um equipamento que faça ramificações elétricas precisa ficar bem atentado para que não haja ali surto elétrico. Naquele ponto porque há ali uma condição propicia para isso”, concluiu.

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014