1 de outubro de 2018
publicado às 20h23
Instituto Luisa Mell e Rancho dos Gnomos anunciam campanha para resgatar mais 2 ursos

Instituto Luisa Mell e Rancho dos Gnomos anunciam campanha para resgatar mais 2 ursos

O resgate da ursa Rowena, antes conhecida como Marsha, ganhou os noticiários nos últimos dias. A megaoperação para buscar a ursa em Teresina, no Piauí, fez com que milhares de pessoas conhecessem o caso e torcessem pela ursinha (relembre aqui).

Durante a operação e nos dias seguintes, centenas de pessoas pediram pelas redes sociais que outros dois ursos fossem resgatados o quanto antes. Os ursos Kátia e Dimas estão em Canindé, sertão do Ceará, a cerca de 117 km de Fortaleza.

Eles têm uma história muito parecida com a de Rowena. Foram apreendidos em um circo pelo Ibama após acusações de maus-tratos e foram colocados em um zoológico próximo ao local da apreensão.

Mas acontece que esses animais são preparados pela natureza para climas frios e o nordeste brasileiro é uma das regiões mais quentes do país. Como não podem ser reintroduzidos à natureza a essa altura da vida, eles precisam de um lugar adequado para ter um final de vida digno.

Na manhã desta quarta-feira (26), a ativista vegana Luisa Mell usou suas redes sociais para anunciar que o seu instituto, em parceria com o santuário Rancho dos Gnomos, já começou a se movimentar para buscar Dimas e Kátia.

Há ainda um longo caminho para que a intenção seja concretizada. Construção de recintos e negociações políticas são apenas algumas das medidas que precisam ser tomadas para que os ursos sejam transferidos para o santuário.

Há ainda alguns outros ursos em situação parecida pelo país, mas tudo precisa ser feito passo a passo.

Assista ao vídeo | Facebook

 

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014