26 de dezembro de 2018
publicado às 12h16
Guarda Metropolitana auxilia no resgate de animal vítima de maus tratos

Guarda Metropolitana auxilia no resgate de animal vitma de maus tratosA Inspetoria de Fiscalização Ambiental da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) foi acionada na tarde deste domingo, 16, por moradores da região Sul da Capital para ajudar em um resgate a um cavalo vítima de maus tratos. A ação foi registrada em uma estrada de chão próximo a Praia dos Buritis.

O animal foi encontrado em situação de abandono, e, segundo relatos dos moradores que fizeram a denúncia à equipe da GMP, o cavalo estava deitado no chão amarrado pelas patas e pescoço em uma cerca no sol quente, e com a ajuda de outros moradores da localidade desataram os nós que causaram ferimentos nas patas do animal.

Para o chefe de Fiscalização Ambiental da GMP, Inspetor Carlos Lima, “em casos de maus tratos ou quando o animal estiver debilitado ou for abandonado, sempre trabalhamos em parceria com ONGs protetoras de animais. Que é quem fica como fiel depositário e providenciam o transporte e os demais cuidados necessários’’.

Após o resgate, o cavalo foi examinado, medicado e uma Organização Nacional Governamental (ONG) protetora de animais ficou responsável por providenciar o transporte do animal até uma chácara.

Punição

Segundo o artigo 32 da Lei Federal nº 9.605/98, a pena para quem praticar ato de abuso maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é de detenção, de três meses a um ano mais multa. Caso ocorra a morte do animal a pena é aumentada de um sexto a um terço. (Secom Palmas)

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014