12 de abril de 2019
publicado às 16h34
Fiscalização apreende 7 quelônios em casa e multa proprietários em mais de R$ 30 mil

Fiscalizacao apreende quelonios em casa

Tracajás e tartarugas foram soltos no rio Tacutu, que passa pela fronteira do estado com a Guiana.

Sete quelônios mantidos em cativeiro no quintal e dependências de uma residência no município de Normandia, ao norte de Roraima, foram apreendidos por fiscais da Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh), nesta quinta-feira (11).

Tracajás e tartarugas estavam entre os animais resgatados. Duas pessoas que estavam na residência foram multadas em R$ 35 mil.

De acordo com Yuri Lima, chefe da Divisão de Fiscalização da Femarh, a denúncia foi feita por telefone, e contou com uma ação conjunta entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) e a Companhia Independente de Policiamento Ambiental (CIPA).

“Os dois infratores que estavam na residência no momento da autuação multados em R$ 5.000 por animal apreendido conforme previsão da Lei de Crimes Ambientais que proíbe ‘matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente’”, destacou.

Os animais foram soltos no rio Tacutu, que passa pela fronteira do estado com a Guiana.

Os quelônios resgatados em Normandia, norte de Roraima, foram soltos no rio Tacutu — Foto: Divulgação/Femarh

Os quelônios resgatados em Normandia, norte de Roraima, foram soltos no rio Tacutu — Foto: Divulgação/Femarh

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014