7 de maio de 2019
publicado às 20h11
Programa promove sustentabilidade no Distrito Federal

GEF Cidades SustentáveisRepresentantes da Secretaria do Meio Ambiente e de diversos órgãos do Governo do Distrito Federal discutiram nesta quinta-feira (25) os avanços do Projeto CitiNova, também conhecido como GEF Cidades Sustentáveis. Executada por meio de acordo de cooperação internacional, a iniciativa tem o objetivo de apoiar o planejamento urbano integrado e sustentável na capital.

Essa foi a primeira reunião do Comitê de acompanhamento do projeto. No encontro, a equipe da Sema apresentou aos demais órgãos as ações previstas até 2022. Entre elas, há medidas voltadas para a recuperação ambiental nas bacias hidrográficas do Descoberto e do Lago Paranoá, o combate à mudança do clima e o enfrentamento dos passivos do Lixão da Estrutural.

Ao todo, US$ 6,4 milhões serão investidos. Os recursos são provenientes de doação do Global Environment Facility (GEF), por meio de acordo de cooperação com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em parceria com a ONU Meio Ambiente. Haverá uma contrapartida de R$ 156 milhões da Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) e de R$ 35 milhões, do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), ao longo de quatro anos.

O Governo do DF é uma das instituições parceiras do projeto e, sob a coordenação da Sema, é responsável pela implementação dos componentes de planejamento urbano integrado e de investimentos integrados em infraestrutura. Os demais parceiros são a Prefeitura de Recife e as instituições não-governamentais Rede Nossa São Paulo e Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE).

O Comitê é formado por sete órgãos distritais: Sema, Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Secretaria de Fazenda e Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), SLU e Caesb. Também fazem parte do grupo três instituições não-governamentais: Movimento Nossa Brasília, Associação Pró Descoberto e Conselho de Desenvolvimento Rural do Lago Norte.

Saiba mais

O GEF é um fundo criado para auxiliar países em desenvolvimento na implementação de projetos que busquem soluções para as preocupações globais em relação à proteção dos ecossistemas e biodiversidade. O financiamento é não-reembolsável.

Assessoria de Comunicação Social

Secretaria do Meio Ambiente (Sema)

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014