22 de julho de 2019
publicado às 16h21
Brasília ganha um mercado lixo zero

Brasilia ganha um mercado lixo zeroO Evolua Mercado Sustentável é a primeira loja na cidade sem plástico e que ainda recebe resíduos 

O Evolua Mercado Sustentável, na esquina da 409 Norte. Mais do que um mercado, um espaço de ideias sustentáveis que quer mudar o mundo, uma pessoa por vez, todos os dias. Mais do que tudo, um mercado que respeita a natureza, o meio ambiente, valoriza o produtor local, a cooperação e o ciclo do produto.

É um facilitador de uma vida lixo zero e o objetivo é viver com o mínimo possível de impacto ambiental. A loja trabalha com materiais que são facilmente reaproveitados, reciclados ou compostados. Além de priorizar matérias duráveis aos descartáveis, respeita a capacidade de produção de cada fornecedor, bem como a sazonalidade do produto e da produção. E, ainda, leva para todos o conceito de consumo consciente, lixo zero e economia circular.

O projeto da arquiteta Fernanda Graneiro, do Studio Habita, foi criado em uma atmosfera de empório e mercado local, valorizado por elementos simples como madeira, ferro e tons neutros; na parte externa muito verde, que é a cor da natureza, da esperança, da saúde; e rosa, que é a cor do amor universal. O espaço conta com alimentos a granel; hortifruti; cosméticos; garrafas reutilizáveis; bebidas orgânicas; produtos de higiene, como coletores menstruais, escovas de dentes de bambu; produtos de limpeza de composição orgânica, biodegradável e livre de propriedades nocivas à natureza; padaria; orgânicos; composteiras; produtos do dia a dia; plantas; acessórios; decoração; canudos de inox, bambu e até comestíveis e muito mais, sem alguma embalagem plástica, que só enchem as lixeiras e os aterros sanitários.

Para dar autonomia ao cliente, conta com o autoatendimento. O público se sente em casa ao escolher e servir o seu próprio lanche. Pode ser um cookie que acabou de sair do forno com o leite recém-chegado da fazenda ou uma fatia de bolo do dia com um suco orgânico. Enfim, opções não faltam no mercado, inclusive sem glúten, sem lactose, vegetarianas e veganas. Tem ainda, um café onde os funcionários preparam na hora os grãos orgânicos selecionados pelo parceiro Los Baristas, especialista no assunto. Todos os grãos passam por avaliação de qualidade e procedência e os métodos de extração utilizados valorizam a qualidade dos produtos.

Aos domingos, das 10h às 15h, tem a Feira Viva com a participação de produtores locais e artesanais, com hortifruti agroecológico; sanduíches; pães artesanais; produtos sem glúten, sem lactose, veganos, vegetarianos; pancs; cafés especiais; cervejas locais; sabonetes artesanais; ervas e o melhor: tudo lixo zero.

Para fazer as compras, o cliente deve levar a sua ecobag. Mas, caso não possua, a loja tem lindos modelos para facilitar a vida de todos. E, ainda, potes de vidros e saquinhos de pano ou de papel para a compra a granel.  Já conseguiu ser mais do que lixo zero, ele é lixo positivo. Além de gerar o mínimo de resíduos, – basicamente lixo de banheiro –, o novíssimo mercado já é mais do que um exemplo. Ele recebe da comunidade resíduos, como: papel, plástico, metal, vidro, óleo de cozinha usado. Todos são devidamente encaminhados para as respectivas cooperativas e empresas que tratam esses resíduos de forma adequada, transformando-os em novos produtos.

O mercado sustentável também tem parceria com a Destino Correto. A empresa possui diversos planos para quem quer dar a finalidade adequada aos resíduos orgânicos que geram em suas residências. É distribuído um baldinho e todo o lixo orgânico é recolhido na residência (apartamento ou casa) ou no Evolua. Este material volta para a terra, vira adubo nas plantações que darão frutos e voltarão a ser comida, fechando assim o ciclo completo do alimento.

É um mercado de ideias sustentáveis com produtores de transformação, de vendedores e de consumidores criativos, todos sem medo de quebrar paradigmas e com muita vontade de transformar o mundo, para essa e para as futuras gerações. Mais do que um mercado de ideias sustentáveis, vai fazer você viver a sua transformação! A cidade agradece!

Como surgiu a ideia:

A ideia de montar um mercado sustentável surgiu das sócias, Flávia Attuch e Marta Liuzzi. Em 2011, elas fundaram o bar Pinella (408 Norte), que viria a ser referência não só na área de bares e restaurantes, mas também em sustentabilidade. Foi nesse empreendimento que começou a ser gerado um novo projeto empresarial voltado para a produção e para o consumo conscientes.

Em meados de 2017, depois de muitas tentativas com grandes empresas de cerveja para fazer a coleta reversa, as sócias resolveram fazer um boicote às garrafas de vidro que eram descartadas imediatamente após o consumo e iam direto para o aterro sanitário.

Isso chamou atenção do presidente do instituto Lixo Zero Brasil, Rodrigo Sabatini, que as convidou para uma palestra onde abriu os seus olhos para um mundo novo. Encantadas com a ideia, elas começaram a praticar as metas no Pinella. Afinal, ser lixo zero é uma meta atingível por qualquer pessoa ou empresa que se esforce para ter o máximo de aproveitamento e correto encaminhamento dos resíduos recicláveis e orgânicos, além da redução – ou mesmo o fim –, do encaminhamento destes materiais para os aterros sanitários e/ou para a incineração.

Ao mesmo tempo o chef, empresário e ambientalista, Paulo Melo, da rede Dona Lenha, estava criando o instituto Ecozinha com o intuito de transformar o lixo de bares e restaurantes em ativo ambiental. Conhecer, associar e participar das ações do instituto deram mais força para que as empresárias começassem a adotar mais ações sustentáveis no Pinella.

Em 2018, a empresária Flávia Attuch recebeu o título Atitude Cidadã do Cidades Lixo Zero, – Avanços Rumo a Destinos Sustentáveis, representando a dupla por suas iniciativas sustentáveis e transformadoras dentro do bar.

Ao transformarem o negócio em uma empresa ambientalmente responsável, as sócias também passaram a transformar as suas vidas pessoais. Se aprofundaram em estudos na temática sustentabilidade e lixo zero. Com a mudança de hábitos, elas perceberam a dificuldade no dia a dia em fazer compras gerando o mínimo de resíduos e principalmente, o de encontrar todos os produtos em um só lugar. Logo então, surgiu a ideia de juntar tudo em uma mesma loja, e nasceu o Evolua Mercado Sustentável.

Evolua – Mercado Sustentável

CLN 409, Bloco A, loja 03 – Asa Norte

Telefone: (61) 99329 1874

Feira Viva: Domingos, das 10h às 15h

Horário de funcionamento: De segunda a sábado, das 09h às 21h. Domingos e feriados, das 09h às 18h

Instagram e Facebook: @evoluamercado

E-mail: contato@evoluamercado.com.br

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014