6 de novembro de 2019
publicado às 20h30
Experiências do programa ‘Criança Feliz’ em aldeias indígenas serão compartilhadas no Pará

Experiencias do programa Crianca FelizO programa “Criança Feliz” do Tocantins já é referência no Brasil, e como parte deste reconhecimento a equipe tem sido convidada para compartilhar as experiências de sucesso com outros estados. Na próxima semana, equipes do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), compartilham essas experiências durante o IV Seminário sobre o Programa Primeira Infância no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e a Intersetorialidade da Gestão dos Serviços e Programas da Proteção Social.

O evento ocorre de 4 a 6 de novembro, em Redenção (PA). Os púbicos-alvos são os gestores, coordenadores de CRAS e CREAS, supervisores e membros do Comitê Municipal do PPI/SUAS das Regiões do Araguaia e Carajás. O seminário contará com a participação de 18 municípios, das regiões do Araguaia e Carajás, totalizando 100 participantes. O objetivo é para fortalecer a gestão municipal orientando para a implementação de serviços que propicie melhoria na qualidade do atendimento as famílias.

Conforme a coordenadora estadual do programa, da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), Katilvânia Guedes, participam do evento equipes que desenvolvem ações do “Criança Feliz” em aldeias indígenas dos municípios de Tocantínia e Tocantinópolis. “Os casos de sucesso serão apresentados na terça-feira, 5, durante a Exposição Dialogada sobre o Trabalho Social com Famílias Indígenas na Primeira Infância/Criança Feliz”, informou.

Criança Feliz

É uma iniciativa do Governo Federal, com gestão compartilhada com o Governo do Estado e municípios. No Tocantins o programa é coordenado por meio da Setas e os municípios. O objetivo do programa é ampliar a rede de atenção e o cuidado integral às crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

Atualmente, 51 municípios do Tocantins estão com adesão ativa ao programa e atendem ribeirinhos, populações indígenas e quilombolas, levando as ações do Governo do Estado. Em 2019, todos os municípios com adesão ao programa registraram visitas. Até o momento foram visitadas 9.030 crianças, 2.322 gestantes, 11.352 pessoas, sendo 8.576 famílias visitadas.

O Programa Criança Feliz/Primeira Infância no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) tem como objetivo promover o desenvolvimento humano, a partir do apoio integral voltado à criança na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

A iniciativa do “Criança Feliz” assegura os direitos das famílias em vulnerabilidade social, mas, acima de tudo, estimula o desenvolvimento das crianças nos primeiros mil dias de vida, período em que elas desenvolvem a maioria das suas competências. (Eliane Tenório/Governo do Tocantins)

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014