13 de dezembro de 2019
publicado às 08h09
Greta Thunberg é premiada por combate às mudanças climáticas

Greta Thunberg premiadaA jovem ativista climática de 16 anos recebeu vários elogios por seu ativismo e foi nomeada como “modelo para a juventude” pela ONG de defesa dos direitos animais PETA

A ativista ambiental Greta Thunberg, que em agosto de 2018, ausentava-se das aulas escolares para protestar, ficando em frente ao parlamento sueco e exigindo mais ações para combater as mudanças climáticas por parte dos políticos de seu país acabou influenciando e inspirando jovens e adultos do mundo todo com seu ativismo dedicado.

Greta foi reconhecida com o prêmio “Modelo para a Juventude” do ano pela ONG de defesa dos direitos animais PETA.

A ativista climática de 16 anos recebeu a honra como parte da premiação anual da entidade. Os prêmios “reconhecem os jovens mais poderosos que estão promovendo a causa pró-animal”.

Ser vegano pelos animais e pelo planeta

Segundo a instituição, Thunberg ‘”nunca perde a oportunidade de abordar a ligação entre a criação de animais para consumo e a mudança climática global e instar outras pessoas a se tornarem veganas”.

Ao se descrever como vegana por “razões éticas, ambientais e climáticas”, Thunberg incentivou outras pessoas – incluindo seus pais – a abandonar ou reduzir os produtos de origem animal.

“Ela se recusa a sentar e assistir”

“Esteja ela liderando uma greve, participando de uma passeata ou comendo uma refeição, a PETA saúda Greta Thunberg, por se recusar a sentar e assistir enquanto o planeta é destruído e seus cidadãos animais morrem por um sabor fugaz de um nugget de frango ou uma fatia de queijo”, disse Marta Holmberg, diretora sênior de programas para jovens da PETA.

“A PETA está reconhecendo Greta por falar a verdade e inspirar jovens ativistas apaixonados a rejeitar qualquer coisa que seja proveniente de um animal”.

Fonte: ANDA

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014