Salve a Amazonia
21 de janeiro de 2017
publicado às 12h15
A nova aventura do navio do Greenpeace é aqui no Brasil

Esperanza Departs from MadagascarO navio Esperanza está chegando em águas brasileiras. Vamos embarcar em uma expedição para defender um tesouro natural brasileiro

É a primeira vez que o maior e mais veloz navio do Greenpeace navegará por águas brasileiras. Ele nos levará a uma expedição inédita em busca de um tesouro oculto, ainda pouco conhecido  no mundo. Você tem ideia do que seja?

Fique conectado em nossas redes, pois em breve daremos mais pistas para que você embarque conosco nesta aventura. Enquanto isso, conheça um pouco mais sobre o nosso defensor dos mares, que será nosso abrigo e transporte nas próximas semanas:

  • Ele foi construído em 1984 em Gdansk, na Polônia, para ser um barco de combate a incêndios da marinha soviética. Por falta de recursos do governo, se tornou um barco de abastecimento na Noruega.

  • O Greenpeace comprou o navio no ano 2000. Era chamado de Echo Fighter. Na época, como piada, a tripulação retirou a letra h de seu nome na pintura para que se tornasse Eco Fighter.

  • O nome Esperanza veio em uma cerimônia de rebatismo na Holanda em 2002. Foi escolhido pelas “Crianças da Floresta”, um grupo de apoiadores do Greenpeace.

  • Ágil e resistente, o Esperanza é capaz de navegar em áreas polares com grandes blocos de gelo e ideal tanto para missões rápidas como de longas distâncias.

ACOMPANHE O NAVIO  

Esperanza em números:

Ano de construção: 1984

Identificação: PD 6464

Comprimento: 72 metros

Peso bruto: 2076 toneladas

Velocidade: 16 nós

Tripulação: 17 pessoas

Capacidade: 40 pessoas

Botes: 2 rígidos grandes e 4 pequenos infláveis

Produção de água potável: 50 mil litros por dia

Heliponto para 1 helicóptero

Foto: Will Rose / Greenpeace

(Greenpeace – Brasil).

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014