Salve a Amazonia
24 de março de 2015
publicado às 20h10
Ataídes Oliveira defende controle de gastos com campanha política

SenAtaidesOliveiraO senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) defendeu que haja  limitações de gastos de campanha política de modo que elas fiquem mais baratas para todos.

Segundo o senador, em 2002 os gastos foram de R$ 798 milhões e em 2012 chegaram a R$ 4,6 bilhões, o que representa um crescimento de 471%.

Ataídes Oliveira disse que enquanto nos Estados Unidos o financiamento eleitoral representa 0,3% do PIB, no Brasil estes gastos chegam a 0,89% do Produto Interno Bruto. Para o senador, aí está o que chamou de porteira da corrupção, que precisa ser fechada.

— Imagine o absurdo: mais de um por cento do PIB, ano sim, ano não, espetado no contribuinte e sem retorno algum. Esse dinheiro, é bom que se diga, vira mandato, não vira estrada, não vira escola, não vira hospital. Nem a sociedade nem os empresários devem continuar pagando R$ 80 milhões a cada dois anos para um único marqueteiro. Isso é um acinte — afirmou.

Agência Senado

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014