Salve a Amazonia
6 de fevereiro de 2017
publicado às 11h10
Dimas anuncia concurso público geral da Prefeitura de Araguaína

Dimas anuncia concurso público geral da Prefeitura de AraguaínaO prefeito Ronaldo Dimas anunciou a realização de concurso público geral da Prefeitura de Araguaína. A estimativa é de que serão 700 vagas em praticamente todos os setores da administração municipal. O anúncio foi realizado durante a solenidade de posse de três novos procuradores do Município, aprovados no último concurso.

O prefeito determinou à Secretaria da Administração que proceda com rapidez para que, no menor tempo possível, seja publicado o cronograma do certame, que vai incluir também o provimento de vagas para a Guarda Municipal.

“Haverá vagas em diversas áreas, para professores, médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, assistentes sociais, auxiliares administrativos, engenheiros, arquitetos, entre outros”, explicou Dimas.

Solenidade de posse

Foram empossados três dos cinco procuradores jurídicos convocados: Maria Tereza Borges de Oliveira Mello, Samuel Rodrigues Freire e Renato Augusto Marinho de Carvalho. Os outros dois desistiram do cargo por motivos pessoais. “Recebemos esses procuradores, que são pessoas plenamente capazes para desempenhar as atividades necessárias para o desenrolar da Procuradoria Jurídica. Sobre as duas vagas remanescentes, será publicado ainda hoje o chamamento de outros dois aprovados para preenchê-las”, ressaltou o procurador geral do Município, Gustavo Fidalgo.

“São pessoas comprovadamente capacitadas, que irão somar, e muito, com o trabalho que a Procuradoria vem realizando. Acho que vai melhorar ainda mais a nossa força de trabalho nesse sentido”, ressaltou o prefeito.

O concurso público foi realizado em 2014, sendo executado pela Comissão Permanente de Seleção da Universidade Federal do Tocantins (Copese/UFT), dividido em quatro fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação de títulos e avaliação profissiográfica.

Foram oferecidas cinco vagas, sendo uma destinada para portador de deficiência. (Ascom).

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014