Salve a Amazonia
11 de novembro de 2015
publicado às 11h40
Expedito Netto protocola denúncia contra Multinacional na ANEEL

Subestação Elétrica do Madeira

O deputado Expedito Netto (SD-RO) protocolou ofício ao Diretor-Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, Romeu Donizete Rufino. O teor do ofício é uma denúncia sobre a empresa ISOLUX-CORSAN pelos prejuízos causados enquanto a multinacional espanhola era responsável pela construção da Subestação Elétrica do Madeira (I.E Madeira), em Porto Velho.

Em reunião anterior, Rufino solicitou ao parlamentar que fosse protocolada toda a documentação relativa ao caso, uma vez que a comissão de licitação da ANEEL necessita criar mecanismos probatórios para retirar as empresas inidôneas do processo de expansão do sistema elétrico brasileiro.

O deputado acredita que com o protocolo da denúncia, será possível viabilizar a retirada da empresa que continua ganhando licitações para obras no estado. Para Netto a presente realidade não pode continuar a ocorrer, uma vez que a ISOLUX-CORSAN foi a responsável pelo acúmulo de dívidas expressivas para os microempresários rondonienses.

“Quando abrimos brechas para que empresas inidôneas como esta, continuem reiteradamente participando dos processos licitatórios em nosso estado, ou mesmo no país, concordamos de forma implícita com a corrupção famigerada nesse país. É por isso que somos vítimas de crescentes escândalos que envolvem casos de corrupção, porque empresas como a ISOLUX continuam agindo deliberadamente na Administração Pública e enriquecendo a custa do dinheiro do trabalhador”. Argumentou Netto quando questionado sobre o requerimento.

Depois de protocolado, o documento segue os trâmites internos da Agência. O deputado Expedito Netto se comprometeu a acompanhar os andamentos e colaborar com documentações caso a ANEEL entenda como necessário.

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014