Salve a Amazonia
12 de novembro de 2015
publicado às 14h15
Exposição traz a Brasília projetos de arquitetura feitos com madeira

Exposição traz a Brasília (DF) projetos de arquitetura inovadores e contemporâneos feitos com madeiraAcadêmicos e profissionais de Brasília  interessados em construções sustentáveis e no uso da madeira na construção têm uma oportunidade única de conhecer obras inovadoras, que utilizam este elemento como matéria-prima para estruturas modernas e contemporâneas.

É que, desde o dia 11 de novembro, o WWF-Brasil, em conjunto com a Univers Design, promove na capital federal a exposição “Madeira na Arquitetura do Século XXI”.

Composta por 11 maquetes de obras e 24 painéis de todo o mundo, a exposição traz ainda textos e fotografias que vão contar como utilizar a madeira para construir diversos tipos de estruturas. Elas foram feitas, em sua maior parte, por alunos de escolas de arquitetura.

As obras retratadas vêm de diversos países: Japão, Chile, Estados Unidos, Áustria, Nova Zelândia, Suíça e Inglaterra. Elas mostram casas em árvores, restaurantes, centros comunitários, escritórios, apartamentos, estúdios de fotografia, vinícolas, pontes, museus e passarelas feitos com madeira.

Possibilidades

De acordo com o arquiteto, proprietário da Univers Design e curador da exposição Marcelo Aflafo, um dos grandes objetivos desta iniciativa é mostrar para a sociedade, as possibilidades de uso da madeira em projetos de engenharia e arquitetura.

“A madeira é um instrumento de técnica e linguagem, que minimiza impactos ambientais, traz uma ideia de futuro interessante e inspiradora para os projetos. Ela tem ainda uma beleza e plasticidade enormes, sendo um material riquíssimo para uso na arquitetura”, explicou.

Marcelo disse que o uso de madeira em estruturas arquitetônicas é uma realidade muito forte no exterior – mas, inexplicavelmente, pouquíssimo praticada no Brasil.

“Os europeus usam madeira na construção há 30 anos, os canadenses entraram nessa há uns cinco, os japoneses fazem isso há séculos. E nós, que estamos sentados em cima de um imenso patrimônio de madeira, não temos nada para mostrar para o mundo”, afirmou.

Conservação

Para o especialista de conservação do WWF-Brasil, Ricardo Russo, estimular os usos da madeira responsável, como na arquitetura, é trabalhar pela conservação dos recursos naturais.

“Os projetos de arquitetura geralmente trabalham com madeira certificada, que promovem a manutenção das florestas, a geração de renda na região amazônica e o fortalecimento da cadeia produtiva da madeira”, afirmou.

Russo lembrou ainda que os processos de exploração e produção da madeira responsável promovem baixa emissão de poluentes e gases de efeito estufa, que ajudam no combate às mudanças climáticas.

“Nosso objetivo, com essa exposição, é mostrar que a madeira, se bem explorada, pode vir a ser um grande fator para promover o uso sustentável dos recursos naturais”, disse.

A exposição é aberta ao público, que pode visitá-la todos os dias da semana, das 9h às 18h.

A sede do WWF-Brasil fica na SHIS EQ QL 6/8 Conjunto E, em Brasília (DF).

Madeira é Legal

A vinda da exposição “Madeira na Arquitetura do Século XXI” para Brasília é uma ação do Programa Madeira é Legal. Esta iniciativa é um protocolo de cooperação, assinado por 23 organizações, que tem como objetivo incentivar e promover o uso da madeira de origem legal e certificada no Brasil.

Para isso, diversas ações vêm sendo realizadas: a publicação de livros e manuais; a realização de capacitações para associações de classe, como construtoras e incorporadoras; a promoção de workshopsinternacionais na Colômbia e Equador; a realização de estudos de viabilidade para aperfeiçoar a tributação da madeira no Estado de São Paulo; além da participação em feiras especializadas.

SERVIÇO:
Exposição Arquitetura da Madeira no Século XXI
Data: de 12 de novembro a 15 de dezembro
Local: No Espaço Angatu, sede do WWF-Brasil, em Brasília – SHIS EQ QL 6/8  Conjunto E

(WWF-Brasil).

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014