Salve a Amazonia
16 de junho de 2016
publicado às 11h53
Francisco Júlio destaca lançamento do Simplifica Tocantins

Francisco Júlio destaca lançamento do Simplifica TocantinsO prefeito de Guaraí, Francisco Júlio, participou na noite desta quinta-feira, 9 de junho, no Palácio Araguaia, em Palmas, do lançamento do Projeto Simplifica Tocantins. Com o novo sistema, a abertura de uma empresa pode ser concluída em até 24 horas. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Junta Comercial do Tocantins (Jucetins).

O gestor destacou que a plataforma digital vai acabar com a burocracia e facilitar a abertura de empresas, ajudando a fomentar a economia dos municípios. “Com o Simplifica Tocantins as empresas vão poder realizar pedidos de abertura de empresa, alteração contratual ou baixa de na Sala do Empreendedor que funciona da Prefeitura de Guaraí. Isso facilita para o empresário montar seu negócio em nosso município, pois desburocratiza as ações, já que antes precisava ir a Palmas”, avaliou Francisco Júlio, ressaltando que profissionais da administração municipal estão prontos para auxiliar empreendedores dispostos a abrirem seus negócios em Guaraí.

Segundo os idealizadores, o Projeto Simplifica Tocantins tem como iniciativa integrar todos os processos para abertura, alteração e baixa de empresas com apenas um único envio de documentos para a Jucetins, por meio do Portal Simplifica Tocantins (http://www.simplifica.to.gov.br/), que é uma ferramenta que faz a integração entre os dados cadastrais da Receita Federal do Brasil e os diversos órgãos estaduais e municipais, disponibilizada virtualmente, em um ambiente integrado, interativo e de fácil acesso.

Participaram da solenidade o governador Marcelo Miranda, representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Fecomércio, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Corpo de Bombeiros, Tribunal de Contas do Estado, Conselho Regional de Contabilidade, prefeitos, deputados e outras autoridades. (Com informações e foto da Secom)

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014