Salve a Amazonia
1 de novembro de 2017
publicado às 16h46
Ibram fará castrações de animais domésticos com recursos do Funam

Ibram fará castrações de animais domésticos com recursos do FunamO Conselho da Administração do Fundo Único do Meio Ambiente (Funam) aprovou resolução que repassa ao Instituto Brasília Ambiental (Ibram) os recursos para execução do Controle Populacional de Animais Domésticos.

O objetivo é reduzir a superpopulação de cães e gatos no Distrito Federal, segundo informou o secretário adjunto do Meio Ambiente, Carcius Santos, relator do processo no fundo. A previsão é de castração de 7 mil bichos.

A terceira etapa da campanha de cadastramento de 2017 de pessoas interessadas em castrar seus animais terminou na segunda-feira (23). O aporte financeiro ao projeto, feito anualmente ao Ibram, foi publicado na terça-feira (24) no Diário Oficial do DF.

Com os recursos, o órgão investe em parcerias com clínicas especializadas para a triagem dos cães e gatos e os procedimentos cirúrgicos de castração (ovário-salpino, histerectomia e orquictomia). Indolores, essas intervenções garantem mais saúde aos animais.

O projeto conta ainda com a participação da Unidade Estratégica de Direitos Animais, da secretaria, chefiada por Mara Moscoso. O Ibram já concluiu o cadastramento e aguarda os procedimentos legais para que os tutores dos bichos sejam encaminhados às clínicas credenciadas.

A pasta e o instituto já fizeram duas mobilizações para castração de animais domésticos em 2017. Em maio, ocorreram 1,5 mil procedimentos. A segunda campanha foi em setembro, com mais 1 mil vagas.

Um dos objetivos, com o manejo populacional, é diminuir o eventual impacto da invasão de cães e gastos domésticos em unidades de conservação e ambientes naturais.

Desde 2016, já foram castrados mais de 4,5 mil animais em várias regiões do DF. O programa se volta prioritariamente às populações de menor renda responsáveis pelos bichos, além de tutores idosos.

O conselho é presidido pelo secretário do Meio Ambiente, André Lima. Integram também o órgão, além de Carcius, a presidente do Ibram, Jane Vilas Bôas. O projeto foi viabilizado por iniciativa da secretaria. (Sema).

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014