Salve a Amazonia
24 de fevereiro de 2017
publicado às 11h39
João Emídio transforma a ATM, leva recursos aos municípios e valoriza as gestões municipais

João Emídio transforma a ATM, leva recursos aos Municípios e valoriza as gestões municipaisVictor Morais
Ascom/ATM

Aclamado pelos ex-prefeitos e pelos atuais eleitos, além de autoridades de Estado e da imprensa, o ex-gestor de Brasilândia do Tocantins, João Emídio de Miranda, encerra o mandato no comando da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) na próxima sexta-feira, 03 de março, quando passará a presidência da entidade municipalista para o prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, proclamado pelos associados o presidente da ATM para o biênio 2017/2018.

Em sua gestão, João Emídio manteve pulso firme em defesa dos Municípios diante dos demais poderes e, também, do mercado. “A ATM passou a ser um vigilante das causas municipalistas. Se haviam atrasos nos repasses do Fundeb e Transporte Escolar, a Associação cobrava incisivamente o Governo do Estado. Se os recursos federais eram poucos e/ou não chegavam, a ATM cobrava. Até a sonegação fiscal do ISS pelos cartórios foi alvo da luta da entidade”, lembra o ex-prefeito de Sítio Novo do Tocantins, Jair Farias, que o acompanhou enquanto diretor financeiro da instituição no biênio passado.

Elogios

O presidente e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, Manoel Pires dos Santos, teceu elogios à atuação de João Emídio no comando da ATM durante as reuniões do evento “Agenda Cidadã”, ocorridas nas regiões do Estado em 2016. O conselheiro chegou a pedir aos novos gestores que escolhessem nas Eleições da ATM um colega com o mesmo perfil do ex-prefeito de Brasilândia para o comando da ATM. Já o vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, disse em recente evento da ATM, que o presidente João Emídio deve ser visto como exemplo de liderança municipalista no Brasil, sempre fiel às convocações da entidade nacional para os embates no Congresso e Palácio Alvorada.

Presidente da ATM, João Emídio de Miranda
Atuação

Nos últimos dois anos a ATM conseguiu receber os recursos atrasados do Transporte Escolar referentes a 2014, que se encontrava na casa dos R$ 12 milhões. Além disso, a Associação fez vigília para que os recursos do programa fossem corretamente repassados nos exercícios de 2015 e 2016. Neste último ano, a ATM conseguiu com o Governo do Estado o reajuste do valor aluno referente ao Transporte Escolar, tendo um complemento de 75% no repasse dos recursos. As cobranças da entidade também persistirão para que repasses do FUNDEB fossem mensalmente depositados. Com as frequentes cobranças, os Municípios receberam R$ 370 milhões somente em 2016. O presidente João Emídio foi um dos percussores na provocação do municipalismo nacional pelo recebimento da multa do programa de Repatriação.

Agradecimentos

“Essa foi a nossa principal meta: levar recursos aos cofres municipais. Além disso, buscamos a valorização das gestões e o respeito aos prefeitos. A ATM ampliou sua representatividade política e institucional, ao alcançar cadeiras em conselhos, eventos e reuniões. Assumimos a entidade com 89 associados e entregaremos a ATM com 135 coligados. Me sinto plenamente com a sensação de dever cumprido diante do movimento municipalista estadual e, também nacional. Obrigado aos colegas prefeitos que acreditam na ATM e, também, aqueles que me auxiliaram na condução da instituição, externando ainda meus agradecimentos aos colaboradores e parceiros da Associação”, disse João Emídio de Miranda.

A posse da Diretoria da ATM, biênio 2017/2018, ocorrerá nesta próxima sexta-feira, 03 de março, às 14h, no escritório da ATM, na Avenida Teotônio Segurado, Plano Diretor Norte.

Clique no link abaixo e veja vídeo institucional que descreve as principais conquistas dos Municípios alcançadas por meio dos esforços da ATM.

https://www.youtube.com/watch?v=LqU7-JXZfGM&t=25s

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014