Salve a Amazonia
5 de abril de 2017
publicado às 17h46
Luta dos povos indígenas no Brasil vira exposição digital
Luta dos povos indígenas no Brasil vira exposição digital
Retrospectiva que cobre 36 anos de luta dos povos indígenas por seus direitos coletivos ganha o mundo em mostra interativa, com curadoria do ISA, no Google Arts & Culture

Depois de passar por Brasília (DF), São Paulo (SP), Manaus (AM) e Belém (PA), a exposição fotográfica Povos Indígenas no Brasil 1980-2016, que faz uma retrospectiva em imagens da luta dos povos indígenas por seus direitos, ganha agora uma versão digital, interativa e bilíngue na plataforma do Google Arts & Culture – acessível por computadores, tablets e celulares.

Lançada nessa segunda-feira (3), a exposição foi atualizada por ocasião da edição do livro Povos Indígenas no Brasil 2011/2016, que o ISA traz a público neste mês de abril. A mostra virtual é composta por fac-símiles de publicações, vídeos, áudios e 22 fotos, com momentos e personagens históricos do movimento indígena brasileiro, a maior parte delas publicada originalmente na imprensa ou nos volumes da série Povos Indígenas no Brasil – que é editada desde a década de 1980, primeiro pelo Centro Ecumênico de Documentação e Informação (Cedi) e, a partir de 1994, pelo ISA.

Os últimos 36 anos, cobertos pelas fotos da exposição, coincidem com o período em que os povos indígenas saíram da invisibilidade para entrar de vez no imaginário e na agenda do Brasil contemporâneo, um processo que teve como marco o capítulo dos direitos indígenas da Constituição de 1988. Entre outros temas, as imagens retratam a batalha pelo reconhecimento das Terras Indígenas; a resistência às invasões de garimpeiros e madeireiros; o apoio de artistas como Milton Nascimento; a apropriação das tecnologias de comunicação; e, especialmente, as mobilizações mais recentes contra os retrocessos em seus direitos.

“Pretende-se que essas imagens sirvam de referência para as narrativas dos seus protagonistas, assim como para o aprendizado das novas gerações”, comenta Beto Ricardo, do ISA, curador da exposição e editor do livro Povos Indígenas no Brasil 2011/2016.

Inaugurada em 2013 na Praça Externa do Museu Nacional em Brasília, a mostra fotográfica fez parte das comemorações dos 30 anos do Apoio Norueguês aos Povos Indígenas no Brasil e dos 25 anos da Constituição. O projeto foi uma realização da Embaixada da Noruega no Brasil e do Instituto Socioambiental (ISA).

Esta é a segunda exposição do ISA em parceria com o Google Cultural Institute, que já conta com a participação de mais de mil organizações e coloca histórias e coleções de todo o mundo ao alcance dos usuários da internet. A primeira apresentou a tradicional medicina do povo Yanomami. Além do computador, as exposições do ISA na plataforma também podem ser vistas em tablets e celulares por meio do aplicativo Google Arts & Culture, disponível para Android e iOS.

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014