Salve a Amazonia
4 de abril de 2016
publicado às 11h47
Mais de 70% dos municípios amazônicos no Selo UNICEF ampliam testagem de HIV entre gestantes

Mais de 70 dos municípios amazônicos no Selo UNICEF ampliam testagem de HIV entre gestantes

Dos 413 municípios da Amazônia que continuam participando da iniciativa Selo UNICEF, 70% estão trabalhando com ações para ampliar o número de gestantes realizando o teste de HIV.

A maioria (70%) também escolheu promover estratégias que ampliem o número de consultas de pré-natal; 62% decidiram aumentar a quantidade de crianças protegidas com a vacina pentavalente; e 61% promovem atividades para diminuir a taxa de abandono escolar do ensino fundamental.

O planejamento e realização de políticas públicas voltadas à solução desses problemas já são resultados provocados pelo Selo UNICEF Município Aprovado, iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) que propõe uma metodologia aos municípios da Amazônia de mobilização, gestão e resultados reais e positivos na vida de crianças e adolescentes.

Essas ações estão sendo desenvolvidas pelos municípios desde 2013, quando foram promovidos vários ciclos de capacitação com gestores, técnicos e conselheiros municipais, atividades de mobilização e participação social e monitoramento permanente dos indicadores relacionados à infância e à adolescência.

A atividade final proposta pelo Selo é a realização do 2º Fórum Comunitário, a ser realizado entre maio e julho pelos municípios participantes. Durante o 1º Fórum, etapa obrigatória, ocorrido no primeiro ano de realização da atual edição do Selo, mais de 50 mil pessoas participaram, em cerca de 500 municípios. Durante aquele Fórum, a comunidade tinha a oportunidade de conhecer o Selo e opinar sobre as políticas voltadas para a infância.

No 2º Fórum, a gestão municipal e o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) deverão apresentar, com base no plano de ação produzido a partir do 1º Fórum, os resultados das ações desenvolvidas e, novamente, a comunidade poderá opinar sobre os avanços ocorridos no município.

A realização do Fórum Comunitário, as políticas para a infância em cada Estado e o combate ao mosquito Aedes aegypti serão os principais temas abordados no 4º Ciclo de Capacitações do Selo UNICEF, que será promovido entre os meses de abril e maio nos nove Estados da Amazônia Legal Brasileira.

Ciclo de capacitações

Belém (PA), Manaus (AM) e São Luís (MA) serão as primeiras capitais a receber a capacitação, nos dias 5 e 6 de abril, que envolverá os 413 municípios da região que permanecem no projeto. Durante os dias de capacitação, os articuladores municipais e presidentes dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente também discutirão sobre a importância de prevenção do vírus zika e combate ao Aedes aegypti.

Eles poderão ainda tirar dúvidas sobre o Sistema de Orientação, Monitoramento e Acompanhamento (Soma) e sobre o curso de aperfeiçoamento de Planejamento e Gestão do Plano Municipal de Ação do Selo UNICEF.

As demais capacitações acontecerão dias 12 e 13 de abril em Boa Vista (RR); 13 e 14 de abril em Porto Velho (RO); 26 e 27 de abril em Santarém (PA) e Rio Branco (AC); e 3 e 4 de maio em Marabá (PA), Palmas (TO) e Cuiabá (MT).

O Selo UNICEF Município Aprovado busca estimular e reconhecer mudanças concretas e positivas na vida dos meninos e meninas nos municípios da Amazônia e no Semiárido. A iniciativa na Amazônia é realizada pelo UNICEF, em parceria com os governos estaduais, a Escola de Formação de Governantes do Maranhão (EFG-MA) e o Instituto Peabiru, com o apoio da Cemar, Celpa, Celtins e Laboratório Aché.

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014