Salve a Amazonia
18 de julho de 2016
publicado às 12h16
Naturatins firma acordo para recuperação da vazão da Bacia Hidrográfica do rio Formoso

Naturatins firma acordo para recuperação da vazão da Bacia Hidrográfica do rio FormosoO Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e os representantes do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Formoso e da Associação dos Produtores do Vale do Rio Urubu (Avau) firmaram na sexta-feira, 15, acordo para início da medida emergencial que busca a elevação do nível das águas na Bacia Hidrográfica do rio Formoso. As bombas de irrigação foram desligadas às 9 horas da manhã da sexta-feira, 15, e voltaram a ser ligadas às 21 horas do domingo, 17, para uma primeira avaliação.

De acordo com a gerente de Recursos Hídricos do Naturatins, Vanessa Sousa, o esforço vai contar com a sensibilização de todos os usuários de água. “Contamos com a colaboração de todos os usuários de água do Rio Urubu e região, para que possamos recuperar a vazão dos rios e garantir o final da safra existente, sem maiores danos ao meio ambiente e aos irrigantes”, esclareceu.

Ainda de segundo a gerente, cada integrante da reunião teve oportunidade de expor a sua realidade no período crítico de estiagem. “A decisão foi de consenso e os rios onde possui maior demanda de uso para atividade de irrigação estão sendo os mais prejudicados, com a falta de chuva dos últimos anos”, concluiu.

O setor técnico do Naturatins aponta que a permanência da captação constante tende a causar perdas em toda extensão agrícola da região da Bacia e nesse ritmo, não deve suportar a demanda até o final da safra. Então o uso racional das águas se torna necessário para o retorno da vazão nos mananciais.

Durante a reunião realizada na quinta-feira, 14, a suspensão da captação, no período de 15 a 17 de julho, foi uma decisão unânime por uma ação emergencial, para que durante esses três dias haja a possibilidade de uma recarga significativa da vazão nos rios de maiores demandas de uso da água.

A escolha do horário noturno para a irrigação se baseou em estudos que apontam, que um menor índice de evapotranspiração nos projetos de irrigação da região e maior índice de absorção da água pelo cultivo. O horário proposto também vai facilitar o acompanhamento da fiscalização.

Em caso de dúvidas, a comunidade poderá obter mais informações, entrando em contato com a Gerência de Recursos Hídricos do Naturatins, por meio do telefone 63-3218-2644 ou do e-mail outorga@naturatins.to.gov.br. Denúncia de crimes ambientais, podem ser feitas no canal sigiloso do Instituto por meio do Linha Verde 0800 63 1155, todos os dias. (Cleide Veloso / Governo do Tocantins).

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014