Salve a Amazonia
30 de março de 2015
publicado às 16h04
Nova espécie de orquídea é descoberta no Mato Grosso

RTEmagicC_orquidea-especie-mato_grosso-620

Uma nova espécie de orquídea foi descoberta pelos pesquisadores do Herbário da Amazônia Meridional (Herbam) do campus de Alta Floresta da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). A nova espécie do gênero Catasetum foi encontrada em 2012, as margens do Rio Teles Pires, em Paranaíta, Mato Grosso. Além de todos os ganhos da descoberta dessa nova espécie para a ciência, o Herbam foi presenteado com cerca de 300m² em espaço físico. 

 

Batizada de Catasetum telespirense Benelli &Soares-Lopes a nova espécie homenageia o local onde foi encontrada. Tanto o rio quanto a usina, chamam Teles Pires. Entre a descoberta e a publicação na Revista Phytotaxa passaram três anos, período necessário para que a possível nova espécie fosse minuciosamente comparada com as já descritas para o gênero e ser confirmada como inédita. 

 

Os botânicos envolvidos na pesquisa são a professora Célia Regina Araújo Soares Lopes, doutora em Agronomia – Solos e Nutrição de Plantas pela Universidade Federal de Viçosa e curadora-fundadora do Herbam; a especialista da família das orquídeas (Orchidaceae), pesquisadora Adarilda Petini Benelli, associada ao Herbam e doutoranda em Ecologia e Conservação da Biodiversidade da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o ilustrador botânico, responsável pela prancha da nova espécie, Alexandre da Silva Medeiros. 

 

A descoberta é resultado das pesquisas desenvolvidas em conjunto pelo Herbam/Unemat, a Companhia Hidrelétrica Teles Pires (CHTP) e a Sociedade de Amigos do Museu de História Natural de Alta Floresta. De acordo com a pesquisadora Célia Lopes, o sistema de parceria tem sido vantajoso. “Encontramos a nova espécie durante o resgate das Epifitas na Usina Hidrelétrica Teles Pires. Essa parceria tem sido muito profícua em função dos resultados obtidos possibilitando a ampliação do conhecimento da diversidade da flora da região, além das novas aquisições. A doação do terreno pela prefeitura para ampliação do nosso espaço e a construção doada pela CHTP já são frutos dos resultados desta parceria”. (Governo do Mato Grosso).

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014