Salve a Amazonia
17 de novembro de 2018
publicado às 13h06
Palmas Solar ganha destaque em evento sobre cidades quentes

Palmas Solar ganha destaque em evento sobre cidades quentesA interferência das mudanças climáticas recentes vividas por cidades de clima tropical são o tema do I Encontro do Fórum de Cidades Quentes, evento que acontece em Porto Velho (RO). O encontro reúne gestores das pastas de meio ambiente das capitais mais quentes do País e, nesta quarta-feira, 14, Palmas é representada pela presidente da Fundação de Meio Ambiente (FMA), Meire Carreira, que apresentará às 15 horas (horário de Palmas), o programa Palmas Solar.

“A intenção é fomentar discussões voltadas para mudanças climáticas e a troca de experiências. É um evento pensado para discutir desafios e oportunidades, e Palmas, oportunamente, pode demonstrar como a geração de energia solar tem a capacidade de ser uma grande chave para aproveitamento da radiação solar abundante que também garante o desenvolvimento econômico local”, frisou a presidente da FMA.

O programa Palmas Solar foi criado pela Lei Palmas Solar (Lei Complementar nº 327/2015) e regulamentado pelo Decreto Municipal nº 1.220, de 28 de março de 2016, e oferece benefícios fiscais a quem adotar a geração de energia fotovoltaica através de placas instaladas em suas residências, comércios ou indústrias. Os descontos chegam a até 80% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) por cinco anos. Assim como descontos no Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) na primeira transferência de imóvel.

Além de estimular o aproveitamento de radiação solar na geração de energia fotovoltaica, o Palmas Solar permite ao Município desenvolver projetos inovadores, a exemplo da Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamarandé, equipamento público que virou modelo para todo o País, graças à instalação de 160 placas de captação de energia que geram economia de aproximadamente R$ 5 mil por mês, valor que, no orçamento da unidade, é convertido para investimento em projetos internos da escola.

O evento reúne especialistas em debates sobre potenciais formas de aliviar os picos de temperatura nos ambientes urbanos. A realização é da Prefeitura de Porto Velho em parceria com a Fundação Konrad Adenauer, Fórum CB27 e o Iclei América do Sul. (Ascom Palmas)

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014