Salve a Amazonia
26 de julho de 2018
publicado às 20h37
PL 31 que proíbe exportação de bois vivos é aprovado em comissão na Alesp

PL 31 que proibe exportacao de bois vivos aprovado na AlespAtivistas que lutam pelos direitos dos animais lotam mais uma vez a ALESP (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) no início da noite desta terça-feira (24).

A presença constante dos ativistas por semanas seguidas na ALESP se dá por conta da discussão a respeito do PL 31/2008, de autoria do deputado Feliciano Filho (PRP), que proíbe a exportação de animais vivos para abate em outros países.

Por conta de alguns deputados com ligações com o agronegócio, a proposta vem se arrastando sessão após sessão e sua votação é sempre adiada por alguma brecha do regimento interno da ALESP.

O Projeto de Lei 31/2018, que busca proibir o embarque de animais vivos no transporte marítimo e/ou fluvial, com a finalidade de abate para o consumo, foi aprovado do Congresso de Comissões da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, realizado nesta terça-feira, 24 de julho. Na noite de 24 de julho, uma emenda proposta pelo deputado Barros Munhoz (PSB) foi rejeitada pelos deputados presentes no Congresso de comissões.

Autor do projeto, o deputado Feliciano Filho afirma que uma emenda foi criada de ultima hora apenas para impedir que o PL 31 fosse colocado em pauta. “A oposição usou todas as manobras possíveis, mas não conseguiu impedir o projeto”, destacou.

Com a rejeição à emenda, o que prevaleceu foi o relatório do relator do PL, o deputado Roberto Tripoli (PV), que foi aprovado pelas comissões. Agora, o PL está pronto para ser votado em plenário, sendo necessário apenas que o presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), o paute.

 

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014