Salve a Amazonia
8 de janeiro de 2016
publicado às 11h08
Produtores tocantinenses deverão colher aproximadamente 75 milhões de frutos de abacaxi

Produtores tocantinenses deverão colher aproximadamente 75 milhões de frutos de abacaxiOs produtores de abacaxi, que fizeram o plantio de suas lavouras no fim do ano de 2014 já estão colhendo os frutos desde outubro de 2015 e devem prosseguir até fevereiro deste ano. Segundo estimativa da diretoria de Políticas para Agricultura e Agronegócio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), em 2016 serão colhidos aproximadamente 75 milhões de frutos.

No Tocantins, o plantio de abacaxi ocorre sempre de setembro a dezembro, início do período chuvoso na região, facilitando o desenvolvimento da planta na fase inicial. Um ano e meio depois, os frutos podem ser colhidos. “A colheita do abacaxi irrigado iniciou em outubro de 2015 e deve terminar em fevereiro próximo. Já as lavouras de sequeiro demoram um pouco mais, podendo iniciar a colheita no mês de março”, explicou o engenheiro agrônomo e gerente de Agricultura da Seagro, Genebaldo Queiroz.

O abacaxi pérola, variedade plantada no Tocantins, é considerado o mais saboroso e também o mais consumido no Brasil. “Isso se deve principalmente às tecnologias que o produtor tem usado, com orientações dos técnicos, buscando maior produtividade e mais qualidade nos frutos”, disse o engenheiro agrônomo. Dentre essas tecnologias está o Programa de Produção Integrada e Sustentável, coordenado pela Seagro, em parceria com o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Expectativa

O produtor Marcio Oliveira possui 12 hectares em seu lote no projeto Hidroagrícola de Fruticultura São João, localizado no município de Porto Nacional, e já comemora as negociações para a safra 2015/16. “Em relação às vendas já estão tendo uma boa procura, fechei com um comprador de São Paulo e também para Miracema do Tocantins, para produção de suco”, disse.

Ele espera uma boa colheita este ano. “A expectativa é boa, esperamos um bom aproveitamento”, disse o produtor que trabalha no setor agrícola desde criança e há dois anos cultiva abacaxi. “Atualmente cultivo dois hectares, mas pretendo aumentar a área de produção para oito hectares ainda esse ano”, afirma.

Exportação

Cerca de 90% do abacaxi produzido no Tocantins é comercializado para outros estados. Os principais compradores são Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Distrito Federal, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. De toda produção do Estado, 60% provém da agricultura familiar. (Eliane Tenório / Governo do Tocantins).

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014