Salve a Amazonia
15 de março de 2017
publicado às 11h00
SIMAM/TO inicia preparativos para comemorar o Dia do Marceneiro

SIMAM:TO inicia preparativos para comemorar o Dia do MarceneiroProgramação será realizada nas cidades de Gurupi, Palmas e Araguaína e deve envolver mais de 500 profissionais.

Estão adiantados os preparativos para a comemoração do Dia do Marceneiro, celebrado em 19 de março. O Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Estado do Tocantins – SIMAM, entidade patronal filiada a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO), vai executar atividades em três cidades: Gurupi, Palmas e Araguaína, com datas e ações diferentes em cada (de 17 a 19 de março). A realização conta com apoio do Sistema FIETO.

Será a segunda vez que os profissionais da categoria terão esse tipo de comemoração na gestão de Geová Mendonça, como presidente do SIMAM. A primeira vez, porém, ano passado, ocorreu apenas em Palmas. Os novos rumos dados à organização do Sindicato e o bom momento pela qual passa o setor são alguns dos motivos para a programação variada e nas três principais cidades. Geová de Mendonça espera reunir ao menos 580 pessoas na comemoração.

A cidade de Gurupi vai abrir o calendário, dia 17. A programação terá início às 14h e vai se estender até 20h. A sequência do evento será em Palmas, dia 18, com atividades entre 14 e 20h, e a finalização será em Araguaínadia 19, dia do Marceneiro. Os trabalhos vão começar às 8h e se encerram às 14h.
O SIMAM foi fundado em 1992, em Araguaína. A mudança para Palmas ocorreu em 2014, com a criação de uma Central de Negócios. Hoje o Sindicato conta com cerca de 50 empresas filiadas. Contudo, em atividade em todo o estado, calcula-se que sejam em torno de 320 unidades, gerando média de 12 empregos cada. “Em Palmas a quantia é maior. Temos em torno de 170 indústrias”, destacou Geová. As cidades de Gurupi e Araguaína têm 26 e 43 empresas, respectivamente.

Por Luís Henrique Machado – Assessoria do evento (63) 8418 3833/9940 5004

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014