Salve a Amazonia
4 de maio de 2015
publicado às 11h06
Sisnacc integrará sistema de comunicações críticas

maxresdefault

O governo brasileiro está desenvolvendo o Sistema Nacional de Comunicações Críticas (Sisnacc) que possibilitará a atualização, ampliação e compartilhamento das informações dos órgãos governamentais. O Sisnacc tem por objetivo atender a todos os municípios brasileiros por meio da integração dos sistemas de transmissão de dados utilizados pelas Forças Armadas, Receita Federal, Polícia Federal e polícias civis e militares dos estados, além das defesas civis.

A implantação do Sisnacc possibilitará melhoria do sistema de segurança em áreas de fronteiras, assim como em grandes cidades, possibilitando ao Estado Brasileiro os meios necessários de tecnologia da Informação e Comunicação para atuar em situações de críticas, em grandes eventos e em condições de normalidade.

O Sisnacc será implementado por meio do compartilhamento de rede de rádio do Sistema de Radiocomunicação Digital Troncalizado (SRDT) e da faixa de 700 MHz do 4G/LTE concedida à Defesa, Segurança Pública e infraestrutura.

Devido à capilaridade do SRDT e do Sisfron muitos órgãos federais e estaduais têm demonstrado interesse em estabelecer parcerias para que seja possível o compartilhamento dos mesmos, como é o caso dos estados do Piauí, Paraná e Mato Grosso do Sul, que por meio de seus órgãos de segurança já assinaram termos de parceria como o sistema que está em fase de desenvolvimento. A meta do governo brasileiro é firmar acordos com todos os estados.

O compartilhamento de dados por meio da implantação do Sisnacc, possibilitará também a economia de recursos por partes dos governos federal e estaduais, uma vez que não será mais necessário utilizar os serviços oferecidos pelas operadoras de telefonia. Será possível, ainda, a ampliação da cobertura do sistema, a destinação da faixa de 800 MHz à segurança, a cobertura por parte do Sisfron de toda a fronteira terrestre do Brasil e a geração de empregos, devido à fabricação nacional de itens do sistema, entre outros benefícios.

Como exemplo de experiências bem sucedidas do SDRT e do Sisfron, além é claro da atuação durante a Copa do Mundo, podemos citar o Projeto Piloto do Sisfron na fronteira do Mato Grosso do Sul e a utilização do SDRT pelo Departamento Penitenciário Nacional para suprir deficiências em seus sistemas de comunicação por rádio. Sistema semelhante já é utilizado, por exemplo, pela na Inglaterra.

No Brasil, o projeto está em fase de desenvolvimento e discussão por vários setores do governo. A expectativa é que quando estiver operando com toda sua capacidade o Sisnacc poderá atender a quase totalidade da população brasileira. (Assessoria de Imprensa).

Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014