Salve a Amazonia
16 de fevereiro de 2018
publicado às 13h36
Tyson, segunda maior produtora de proteína animal do mundo, investe em carne de laboratório
Tyson, segunda maior produtora de proteína animal do mundo, investe em carne de laboratórioA empresa Tyson, segunda maior produtora de carne do mundo, anunciou hoje que é a mais nova investidora das Memphis Meats, uma empresa que desenvolve carne vermelha, de frango e pato em laboratório, sem necessidade de abater nenhum animal. Com isso, ela se junta a outros investidores de peso, como Bill Gates, fundador da Microsoft, e Richard Branson, magnata britânico fundador do grupo Virgin.
Em entrevista concedida à Fox Business, Tom Hayes, novo CEO da Tyson Foods, maior produtora de carne dos Estados Unidos, declarou:
“Os relatórios da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) mostram que o consumo de proteína está crescendo no mundo todo. Não apenas nos EUA, mas em toda parte. As pessoas querem proteína — independentemente de ser proteína animal ou vegetal, a demanda é por proteína. A proteína vegetal já está crescendo um pouco mais rápido que a proteína animal, então eu acredito que a mudança deve continuar nessa direção”.

Em 2016, a Tyson já anunciou a compra de parte das ações da Beyond Meat, uma das maiores empresas de carnes vegetais do mundo. Após esse anúncio, a empresa também anunciou a abertura de um fundo no valor de 150 milhões de dólares para investimentos em novos negócios que desenvolvam substitutos para a carne animal.

Todos esses aportes são a prova de que as empresas estão de olho no veganismo como tendência para o mercado e têm a intenção de atender às demandas por alimentos sem produtos de origem animal. Quanto mais consumo de produtos veganos houver, maior será a fatia de mercado que ocuparemos — e menos espaço para produtos que envolvam exploração animal haverá.
Considere fazer parte desse movimento mundial! Clique aqui para começar uma dieta vegetariana que é melhor para a sua saúde, para o meio ambiente e para os animais.
Compartilhar
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014