Salve a Amazonia
9 de fevereiro de 2018
publicado às 12h57
Vaticano faz apelo para que público deixe de consumir produtos de origem animal

Vaticano faz apelo para que público deixe de consumir produtos de origem animalO uso de outdoors e placas nas principais cidades com alto tráfego de pedestres são um método cada vez mais popular para conscientizar as pessoas sobre o veganismo.

A presença deles significa que não é tão fácil para uma pessoa ignorar a história que se esconde por trás do que está em seu prato quando consome um produto de origem animal.

Recentemente, uma das maiores campanhas publicitárias  do mundo foi lançada em Melbourne, na Austrália, pelo grupo Be Fair Be Vegan, para fazer com que as pessoas reflitam sobre os “rostos e sentimentos dos animais que usamos para alimentação, roupas, pesquisa e entretenimento. ”

Os outdoors são uma forma eficaz de persuadir as pessoas a aderir ao veganismo.  Muitas fazem a mudança de forma permanente, pois se sentem melhor com os novos hábitos, informa o Livekindly. Por exemplo, um dos cofundadores da iniciativa Veganuary declarou recentemente que 67% das pessoas que pararam de consumir produtos animais em Janeiro do ano passado e responderam à pesquisa da organização, ainda eram veganas seis meses depois.

Isso talvez ocorra devido à crescente acessibilidade do veganismo. A disponibilidade de alimentos à base de vegetais nunca foi tão grande e grandes redes como Starbucks, Wagamama, Pizza Hut, Dominos e JD Wetherspoon, agora possuem opções veganas em seus menus. (ANDA).

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014