Salve a Amazonia
19 de março de 2015
publicado às 15h23
WWF registra aparição de felino raro da Amazônia

onca_preta_xl_233523

Em recente viagem de campo, o WWF registrou a aparição de um dos mais raros predadores da Amazônia, a onça-preta. Enquanto cruzavam o rio Tapajós, nas proximidades do Parque Nacional do Juruena, localizado ao norte do Mato Grosso e sudeste do Amazonas, técnicos da organização avistaram a espécie, que também atravessava o rio ao lado do barco.

As onças são os maiores felinos do continente americano. São fortes nadadoras e escaladoras e podem chegar a pesar até 130 kg e medir 2,4 metros. A cor de sua pele pode variar do amarelo com pintas, para o preto, que é a coloração mais rara. No Brasil, o animal está ameaçado de extinção. O que se sabe é que a espécie precisa de grandes áreas de florestas tropicais e extensões de margens de rios para sobreviver.

“Experiências como essa, nos fazem refletir sobre a importância dessa região intacta para a biodiversidade e a riqueza de espécies que por lá vivem. Não há nada melhor do que constatar a relevância de um local e saber que nosso trabalho de conservação está na direção correta”, explicou no vídeo a secretaria geral do WWF-Brasil, Maria Cecília Wey de Brito.

O Juruena foi criado em 2006 e é o quarto maior parque nacional do país. É uma área estratégica que garante a conectividade ambiental das áreas protegidas vizinhas e entre a Amazônia e o Cerrado. “A importância do local para a biodiversidade nos levou a lançar, no ano passado, a Campanha SOS Juruena, em que mais de 25 mil pessoas nos apoiaram a manter o Parque intacto, sem a construção de hidrelétricas”, ainda ressalta.

O local também é uma das unidades de conservação do Arpa (Áreas Protegidas da Amazônia), maior programa de conservação de florestas tropicais no mundo, apoiado pelo WWF-Brasil, que pretende garantir a proteção de 60 milhões de hectares do bioma para sempre. (WWF Brasil).

Compartilhar
Notícias Relacionadas
Comentários 
0
Escreva um comentário

Portal da Amazônia Legal © Todos direitos reservados 2014